Alavancar: significado e impactos nos investimentos

Você sabe qual é o significado de alavancar? Nosso guia esclarecer sobre a estratégia e traz dicas para realizá-la.

Você sabe qual o significado de alavancar em investimentos? A prática pode trazer ótimos retornos financeiros para os investidores. Porém, ao aumentar as chances de rentabilidade, ela também faz os riscos crescerem. 

Portanto, se você fizer a alavancagem de aplicações, deve entender exatamente como a técnica funciona. Só dessa forma conseguirá diminuir os danos e potencializar seus ganhos.

Veja, neste artigo, o significado de alavancar nos investimentos e, ainda, quando e como fazer a alavancagem.

Qual o significado de alavancar ao investir?

A alavancagem é uma estratégia de aumentar a rentabilidade da aplicação financeira, fazendo uma espécie de empréstimo. Assim, ao alavancar um investimento, os ganhos são calculados sobre um montante maior do que o dinheiro que o investidor efetivamente tem.

A prática é comum em diferentes modalidades de renda variável, como ações e mercado futuro. De maneira bem simplificada, a gente pode analisar um exemplo para compreender melhor o conceito. Acompanhe:

  • Um investidor tem R$ 1.000 para aplicar e alavanca este valor em 5 vezes, tomando um empréstimo. Ou seja, efetivamente, investirá o total de R$ 5.000
  • Se a aplicação tiver retorno de 2,5%, o lucro do investimento será de R$ 125 (2,5% de R$ 5 mil) menos os custos pelo crédito. Um resultado bem maior do que se aplicasse apenas R$ 1.000 – que seria de R$ 25.
  • A entidade credora pega algo em troca para assegurar o recebimento pelo “empréstimo”. Assim, o investidor que faz a alavancagem deve depositar uma garantia, que pode ser em dinheiro ou em ativos.

Em resumo, o significado de alavancar é potencializar o resultado dos investimentos utilizando recursos de terceiros.

Quando é possível alavancar um investimento

Especificamente no mercado de renda variável, a alavancagem é muito comum. Ela pode ser feita na bolsa de valores com ações, contratos ou mini-contratos de dólares e índice. Então, dá para alavancar os ativos em:

O day trade é a técnica de comprar e vender ações no mesmo dia. Assim, o investidor pode alavancar suas negociações e aumentar as chances de ganhos nas operações. Como elas são rápidas, de curtíssimo prazo, os rendimentos são gerados pela oscilação entre as cotações. 

Por exemplo, um day trader tem R$ 500 e alavanca o valor em 5 vezes. Se ele tiver lucro de 10%, os rendimentos serão calculados sobre R$ 2.500. Ele não receberá R$ 2.750, mas apenas o resultado da operação – que, neste caso, é de R$ 250.

Já no short telling, a estratégia do investidor é ganhar dinheiro com a venda de ações que ele ainda nem possui. Quando o valor dos papéis cai, o trader recompra o ativo. A alavancagem também é uma prática comum nesse tipo de investimento e pode potencializar os ganhos do investidor.

Por fim, dá para alavancar aplicações do mercado futuro. Os contratos são negociados hoje para serem executados em datas posteriores. O indivíduo pode, então, investir com valores alavancados e no dia de execução do contrato, rentabilizar sobre o saldo. É possível alavancar contratos futuros em até 30x o seu capital.

Vantagens ao alavancar

A principal vantagem ao alavancar o investimento é que a rentabilidade sobe consideravelmente. Afinal, os rendimentos serão calculados sobre uma quantia de dinheiro maior do que a que você efetivamente possui.

Além disso, se torna possível investir em ativos que, sem a alavancagem, seriam impossíveis por conta de investimentos mínimos. Então, há um considerável aumento da cartela de aplicações, ampliando as possibilidades e oportunidades para o investidor.

Riscos ao alavancar

Se cresce o valor aplicado, os riscos de prejuízos também aumentam. Esse é, em essência, o principal ponto de atenção da alavancagem.

Por isso, você precisa considerar se a potencialização dos riscos também cabe dentro da sua margem de tolerância. Não basta apenas analisar as chances de retorno, mas também de perdas com a alavancagem.

3 dicas para usar a alavancagem ao investir

Agora que você já entende o significado de alavancar e como a operação acontece no mercado de investimentos, confira dicas práticas para fazer a alavancagem:

 

1. Se for um trader inciante, adquira mais experiência e conhecimento

Vários especialistas não recomendam alavancar os investimentos logo de cara, já que os riscos se potencializam bastante. Então, vá investindo e estudando os mercados até se sentir mais confiante.

 

2. Analise a rentabilidade real antes de alavancar

De frente a uma “grande oportunidade”, o investidor pode ficar cego aos custos e riscos da operação. Dessa forma, analise cuidadosamente os ganhos reais antes de alavancar o investimento.

 

3. Só opere alavancado se estiver seguro com a operação

As possibilidades de perda crescem tanto quanto as de ganho. Assim, sinta-se realmente confiante para alavancar o capital investido. Então, com estudo e prática de mercado, é possível aumentar o retorno sobre os investimentos ao fazer a alavancagem.

Descubra outras maneiras para potencializar os resultados sobre as suas aplicações financeiras com a Capital Research. Por aqui, você tem acesso a materiais sobre investimentos e finanças e toma decisões mais inteligentes e certeiras.

Recomendados

Investimentos

Entenda o que é e como calcular o grau de alavancagem operacional

Realizar uma alavancagem operacional é uma das formas que as empresas encontram de ...

1 ano atrás

Investimentos

O que é alavancagem e como isso pode ajudar seus negócios?

A alavancagem pode parecer complexa e arriscada. Mas, sabendo utilizá-la, ela ...

11 meses atrás

Investimentos

Quais os riscos e retornos ao investir em uma empresa alavancada?

Ferramenta de impulsão financeira pode resultar tanto em maiores lucros quanto em ...

10 meses atrás