Bolsas de valores internacionais: história e curiosidades sobre elas

Tem interesse no mercado financeiro? Saiba quais são as principais bolsas de valores internacionais e como investir nelas.

Além de comprar e vender ativos na B3, você também pode operar em bolsas de valores internacionais. Sabia disso?

Ações e outros papéis de renda variável são negociados em todo o mundo. E o investidor experiente, que conhece bastante do mercado e que possui perfil arrojado pode, também, obter ganhos fora do Brasil.

Mas, para isso, o primeiro passo é conhecer quais são as principais bolsas de valores internacionais ao redor do planeta. É o que você confere a partir de agora. Então, acompanhe este artigo até o final!

7 maiores bolsas de valores internacionais

Antes de falar das bolsas de valores internacionais, vamos começar pela brasileira. Por aqui, ela evoluiu ao longo dos anos até se tornar a atual B3 – Brasil, Bolsa, Balcão. 

Nela, é possível negociar ações, fundos de investimento, commodities, moedas e diversos outros ativos. A B3 figura entre as principais bolsas do mundo. Junto a ela, estão outros importantes mercados de investimentos.

Confira, assim, as sete bolsas de valores internacionais de maior capital.

 

1. New York Stock Exchange

A bolsa de Nova Iorque (NYSE) é a maior bolsa de valores do mundo. Fundada em 1972, está localizada em Manhattan, nos Estados Unidos.

A NYSE negocia papéis das principais empresas norte-americanas. Berkshire Hathaway, Alibaba, Johnson & Johnson, JPMorgan Chase e Visa são apenas alguns exemplos das grandes corporações que comercializam seus ativos nesta bolsa.

Em 2006, a NYSE juntou-se à Euronext, formando a NYSE Euronext, o primeiro conglomerado pan-atlântico de bolsas. Estima-se que ela supere 30 trilhões de dólares em capitalização e tenha movimentação mensal de aproximadamente 1,5 trilhão de dólares.

 

2. NASDAQ

A NASDAQ (National Association of Securities Dealers Automated Quotations) é outra bolsa de valores norte-americana. Também sediada em Nova Iorque, ela foi fundada em 1971 e, atualmente, tem índices que ultrapassam 3 mil empresas.

Apple, Google, Facebook e outras empresas de tecnologia fazem parte do grupo de companhias que negociam seus papéis na NASDAQ.

Com 10,8 trilhões de dólares de capitalização de mercado e volume mensal de 1,3 trilhão de dólares em negociações, a NASDAQ é a segunda maior bolsa dos Estados Unidos e uma das principais em todo o mundo.

 

3. Tokyo Stock Exchange

Indo para o outro lado do planeta, temos a Bolsa de Tóquio. Com quase 150 anos, a Tokyo Stock Exchange negocia ativos de importantes empresas, como Toyota Motor, Softbank, Nippon Telegraph & Telephone, Keyence e NTT Docomo.

Fora dos Estados Unidos, a Bolsa de Tokyo é a maior do mundo. Sua capitalização de mercado é estimada em 5,6 trilhões de dólares e movimenta, mensalmente, cerca de 480 bilhões de dólares.

 

4. Shanghai Stock Exchange

Falar em grandezas internacionais passa pela China, inevitavelmente. Fundada em 1891, a Bolsa de Xangai teve diferentes fases até chegar ao formato atual, formalizado em 1990.

A bolsa tem mais de 4 trilhões em capitalização e negocia, em média, 536 bilhões de dólares todos os meses. Dentre as companhias que atuam na Bolsa de Xanghai, estão Petrochina, Agricultural Bank of China e Bank of China.

 

5. Hong Kong Stock Exchange

O território chinês autônomo criou sua própria bolsa de valores. Entre sua fundação em 1891 e o modelo atual, estabelecido em 1986, a Bolsa de Hong Kong capitalizou quase 4 trilhões em ativos.

Com negociações mensais que se aproximam a 182 bilhões de dólares, a Hong Kong Stock Exchange é a 3ª maior bolsa da Ásia. Nela, é possível comprar ativos de empresas como China Mobile, AIA e Sun Hung Kai Properties.

 

6. Euronext

A Euronext é uma bolsa de valores composta por diferentes mercados. Assim, ela opera em Amsterdã, Bruxelas, Londres, Lisboa, Dublin, Oslo e Paris.

Estima-se que sua capitalização de mercado esteja em 3,9 trilhões de dólares e que negocie 174 bilhões de dólares por mês. Anheuser-Busch InBev, Total, L’Oréal e Sanofi, por exemplo, são companhias que transacionam seus papéis na Euronext.

 

7. Bombay Stock Exchange

Com aproximadamente 2 trilhões de dólares capitalizados e 210 bilhões negociados, todos os meses, a Bolsa de Mumbai é a maior da Índia.

Tata Consultancy Services, HDFC Bank e Hindustan Unilever operam na bolsa indiana, que foi fundada em 1875.

Como investir em Bolsas de Valores internacionais?

Mesmo que esteja no Brasil, você pode investir em bolsas de valores internacionais. Para isso, basta aplicar seu dinheiro da seguinte forma:

  • Primeiramente, abra uma conta de investimento em uma corretora de atuação internacional
  • Em seguida, transfira dinheiro para a sua conta de aplicação
  • Pesquise pelas opções de ativos nas bolsas de valores internacionais e, então, escolha o investimento
  • Logo depois, faço o envio de remessa para efetivar a compra
  • Por fim, acompanhe a movimentação dos mercados e, é claro, da sua carteira de investimentos.

Um ponto de observação que você deve ter é quanto à moeda e condições especiais para realizar as aplicações em outros países.

Mas, com cuidado e atenção, você pode fazer investimentos em bolsas de valores internacionais. Basta realizar uma pesquisa por corretoras que atendam a diferentes mercados e, assim, começar a investir.

Você já conhecia todas as sete bolsas de valores internacionais que mencionamos aqui? Tem interesse em investir em alguma delas? Para todos os investimentos, você pode contar com a Capital Research como a sua fonte de informação!

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

1 ano atrás

Investimentos

Como enriquecer na Bolsa: 5 dicas para atingir esse objetivo

Saiba o que é preciso fazer para enriquecer na Bolsa de ...

9 meses atrás

Investimentos

Como funciona a bolsa de valores: tudo o que você precisa saber

Saber como funciona a bolsa de valores habilita você a investir em ações e fazer ...

7 meses atrás