Como comprar ouro na bolsa (e por que fazer isso)

Entender como comprar ouro na bolsa é fundamental para quem deseja proteger seus investimentos e diversificar a carteira.

Entender como comprar ouro na bolsa é um desejo de quem pretende proteger a própria carteira de investimentos contra as oscilações do mercado financeiro.

Considerado um dos ativos mais valiosos e resilientes do mercado, o ouro funciona como uma reserva de valor em momentos de crise, quando o mercado de ações enfrenta uma queda, por exemplo.

Isso porque, ao contrário das ações, o ouro tem o seu valor e demanda sempre garantidos, já que é um ativo físico e que funciona como reserva monetária para diversas nações.

Mas você sabe como comprar ouro na bolsa? Neste artigo, você vai conhecer as opções mais indicadas para investir nesse ativo.

Por que comprar ouro na bolsa

O ouro é uma alternativa de investimento para proteger a sua carteira em momentos de crise no mercado financeiro.

O metal funciona como uma reserva de valor, porque, quando a aversão a risco cresce entre os investidores, o ouro costuma ser mais procurado, já que as chances de que ele perca valor ou tenha sua liquidez reduzida são menores.

Isso ocorre porque o ouro é um ativo real e também escasso, que serve como reserva monetária para grandes economias do planeta. Por isso, o ouro é utilizado, ao lado do dólar, como uma proteção (ou hedge) para os investidores que focam no longo prazo. 

Imagine, por exemplo, que você tenha metade do patrimônio em renda fixa, 40% em renda variável e 10% em ouro.

Se uma crise internacional provocar a queda vertiginosa do índice Ibovespa, principal indicador da bolsa de valores, o ouro tende a se valorizar, porque ele é um ativo cuja demanda aumenta em momentos de incerteza sobre a renda variável – e até sobre moedas como o dólar.

Assim, esses 10% da sua carteira atenuariam a queda dos outros 40%, funcionando, de fato, como uma proteção para os seus investimentos em renda variável.

Como comprar ouro na bolsa: passo a passo

Existem basicamente duas maneiras de comprar ouro na bolsa de valores: por meio dos contratos futuros ou com fundos de investimento. A seguir, confira o passo a passo:

1. Abra uma conta em uma corretora de valores

As corretoras de valores são instituições credenciadas junto à B3 para conectar o investidor ao mercado financeiro.

Para comprar ouro na bolsa, você vai precisar de uma conta em uma corretora. Na hora de escolher a melhor corretora, não esqueça de conferir as taxas e serviços oferecidos.

2. Conheça o home broker e os códigos de negociação

Se você quiser adquirir ouro na bolsa de valores por meio dos contratos futuros, precisa conhecer em detalhes o funcionamento do seu home broker, porque é lá que vai ocorrer a negociação.

Além disso, é necessário entender como o ouro é negociado na prática. A negociação se dá por meio de contratos futuros, cujos códigos são os seguintes:

  • Lote Padrão de 250g: código OZ1D
  • Lote Fracionário de 10g: código OZ2D

Esses dois contratos futuros são os mais líquidos do mercado quando o assunto é o ouro. Ao negociar os contratos futuros, você só precisa pagar a taxa de corretagem, porque a custódia fica por conta da corretora.

No fundo, a lógica é a mesma para qualquer outro ativo financeiro – você negocia contratos, sem precisar tocar no metal em si. Vale lembrar, ainda, que investir em ouro na bolsa isenta o investidor do Imposto de Renda, em operações com lucro de até R$ 20.000.

3. Para curto prazo, analise o mercado futuro

A compra de ouro na bolsa de valores como um ativo financeiro, por meio dos contratos futuros, é indicada para quem já possui experiência na renda variável, e está tentando especular por algumas semanas, no máximo.

Se este é o seu caso e você deseja comprar ouro na sua corretora, basta abrir o home broker e digitar o respectivo código (OZ1D ou OZ2D). 

As ordens de compra e venda do contratos de ouro vão aparecer na tela, e você poderá decidir o que fazer.

No longo prazo, porém, a melhor alternativa para investir em ouro na bolsa são os fundos de investimento. 

4. Para o longo prazo, confira os fundos de investimento

Se você deseja comprar ouro na bolsa com foco no longo prazo, como uma proteção permanente para a sua carteira, as melhores opções são os fundos de investimento em ouro.

Essa é a opção mais prática e simples de investir, já que você não precisa lidar com a burocracia: basta escolher o fundo de investimento em ouro na sua corretora de valores e fazer a aplicação inicial.

Outra vantagem de investir nos fundos é terceirizar a gestão do ativo para um gestor especializado no assunto, o que diminui em muito o risco de algum erro na operação.

Como comprar ouro fora da bolsa

Comprar ouro fora da bolsa não é recomendável, porque você vai negociar efetivamente as barras de ouro físicas.

Nesse caso, há uma complexa burocracia para vencer. Além disso, você vai precisar decidir onde deixar o ouro guardado. Se optar por instituições autorizadas pelo Banco Central, vai arcar com uma taxa de custódia relativamente alta.

Agora, se quiser guardar o ouro em casa, você vai correr o risco de ver o seu investimento ruir, caso o metal seja roubado ou extraviado.

Outra desvantagem de comprar ouro fora da bolsa é a falta de liquidez caso você tente vender o ativo. 

Ou você acha que será simples encontrar um comprador que queira comprar o seu ouro pelo mesmo preço que ele é negociado nas instituições financeiras?

De qualquer forma, se esse for o seu desejo, você precisa recorrer a instituições autorizadas pelo Banco Central e pela CVM

Se quiser deixar o ouro guardado com algum banco, também precisará encontrar um banco custodiante, como o Banco do Brasil, e aceitar suas taxas. 

Agora, se a opção for levar o ouro para casa, a saída é negociar diretamente com empresas como OM DTVM e Marsam DTVM, que são distribuidoras do metal, e não exigem custódia em bancos.

E aí, aprendeu como comprar ouro na bolsa e fora dela? Se você gostou do artigo, não esqueça de assinar a newsletter da Capital Research para receber novidades e dicas sobre o mercado financeiro diariamente na sua caixa de entrada.

Recomendados

Investimentos

10 livros para o investidor sobre mercado financeiro

Opções de leitura não faltam para quem quer investir. Veja lista com 10 livros ...

9 meses atrás

Investimentos

Como investir em fundos imobiliários e diversificar a carteira

Procura diversificar suas aplicações? Veja como investir em fundos imobiliários, ...

7 meses atrás

Investimentos

Carteira diversificada: o que é, sua importância e como fazer

Ter uma carteira diversificada de investimentos é muito importante para a maior ...

11 meses atrás