Como investir em ações com pouco dinheiro: passo a passo

Aprenda como investir e comprar ações com pouco dinheiro, confira nosso passo a passo com dicas e informações úteis

Se você quer aprender como investir em ações com pouco dinheiro, este guia é um ótimo começo.

A verdade é que sim, é possível entrar para o mercado financeiro com menos de três dígitos na conta, mas você precisa entender se vale a pena.

Afinal, as operações na bolsa de valores também têm seus custos, e os riscos podem ser intimidadores para quem está acostumado com a segurança da renda fixa.

Então, será que você tem o perfil para investir em ações?

Siga a leitura e descubra como investir em ações com pouco dinheiro e se esse é o melhor caminho.

É possível investir em ações com pouco dinheiro?

Essa é a dúvida de muitos investidores iniciantes, e a boa notícia é que sim, é possível — desde que você também invista em conhecimento.

Na verdade, não existe um valor mínimo para operar no mercado financeiro, e cabe a você avaliar quanto vale a pena investir nos papéis.

Antigamente, as taxas das corretoras chegavam a ser proibitivas, contribuindo com o mito de que “a bolsa de valores é para ricos”.

Mas, com a era digital, a negociação de ações se democratizou junto com a popularização da internet, dando origem a sistemas mais acessíveis e democráticos.

Dessa forma, qualquer pessoa pode acompanhar seus ativos de renda variável a qualquer hora e lugar, por conta própria.

E o mais importante é que a concorrência reduziu consideravelmente as taxas, abrindo portas para investidores de todas as realidades econômicas.

Como consequência, surgiram vários fundos de ações que aceitam aplicações iniciais pequenas e até corretoras que não cobram corretagem pelo investimento em ações.

Para você ter uma ideia, é possível investir em ações, no mercado fracionário, com menos de R$ 10,00.

Importante: o valor acima serve apenas como exemplo, e não como incentivo para alocar seus recursos em renda variável.

Ao investir pouco, você terá um retorno menor e mais demorado, além de precisar de atenção redobrada com todos os custos.

Por isso, o melhor negócio é planejar seus investimentos para chegar a uma quantia que permita certa flexibilidade, diversificando seu portfólio de investimentos.

Como investir em ações com pouco dinheiro

Se você quer saber como investir em ações com pouco dinheiro, comece com um bom planejamento e prepare-se para um longo caminho de aprendizagem.

A seguir, resumimos os passos principais para iniciar sua jornada.

 

1. Defina os objetivos dos seus investimentos

Antes de aprender como investir em ações com pouco dinheiro, você precisa definir objetivos claros para o seu dinheiro.

Alguns questionamentos essenciais são:

  • Quanto dinheiro você tem disponível inicialmente?
  • Você vai precisar desse dinheiro em breve ou pode esperar alguns meses/anos?
  • Você está ciente de que pode ter prejuízos durante o processo?
  • Quais são seus planos para o dinheiro em longo prazo (Ex: comprar um imóvel, garantir a aposentadoria)?

 

2. Verifique qual o seu perfil de investidor

Com os objetivos financeiros traçados, fica mais fácil entender se você tem o perfil de investidor compatível com o mercado de ações.

No caso, há três classificações principais:

  • Investidor conservador: prioriza a segurança e investe somente em opções de baixo risco para preservar seu patrimônio
  • Investidor moderado: procura equilibrar a segurança com o retorno dos investimentos, combinando opções arrojadas e conservadoras
  • Investidor arrojado: é mais tolerante aos riscos e não se abala facilmente por perdas eventuais, sendo o perfil ideal para o mercado de ações.

Para investir nos papéis, é melhor que você esteja entre os perfis moderado e arrojado, que estão dispostos a assumir diferentes níveis de risco.

E, seja lá qual for o seu perfil, é sempre bom reforçar: ações são investimento de longo prazo, isto é, superior a cinco anos.

Portanto, se você não se dispuser a observar alta flutuação nos papéis e precisar do dinheiro em menos tempo, é melhor não alocar esses valores em renda variável.

 

3. Tenha um fundo de emergência

Você só pode pensar em como investir em ações com pouco dinheiro se tiver, no mínimo, um fundo de emergência aplicado em algum produto mais seguro.

Essa reserva deve ser suficiente para que você viva com o mesmo padrão atual por seis meses — ou seja, seus gastos totais multiplicados por seis.

Só depois de aplicar esse fundo em um investimento de renda fixa que garanta liquidez diária (como um fundo DI, por exemplo), você pode partir para o mercado de ações. 

 

4. Comece pelo fundo de ações

Se você já tem sua reserva de emergência e está disposto a investir parte pequena do seu portfólio em renda variável, que tal começar pelos fundos de ações, com gestores experientes que alocam seus recursos em papéis selecionados?

Um dos erros mais comuns dos investidores principiantes é se jogar na compra de ações individuais sem ter experiência, conhecimento, estômago para a volatilidade e disposição de longo prazo.

Para evitar problemas, o mais seguro é dar um passo inicial com fundos de ações e procurar uma casa de análises como a Capital Research para começar a acompanhar de perto o mercado.

 

5. Fique de olho nos custos

Ao negociar ações pela corretora, você terá custos como a corretagem (normalmente, um valor fixo para compra e venda) e ainda as taxas da B3 (a bolsa de valores brasileira) para negociação, liquidação e registro (ao total, 0,031605% da operação).

Para quem está investindo em ações com pouco dinheiro, o melhor negócio é avaliar com cuidado essas taxas e comparar a corretagem de diferentes corretoras.

Algumas delas oferecem isenção de corretagem e valores reduzidos, enquanto outras cobram valores que inviabilizariam o seu investimento.

 

6. Estude com dedicação

Até aqui, você aprendeu o básico sobre como investir em ações com pouco dinheiro, mas este é apenas o primeiro passo.

Isso porque o segredo para se dar bem nesse mercado arriscado é o conhecimento.

Por isso, se você quer evoluir como investidor, é melhor começar a acompanhar conteúdos como o da Capital Research.

Confira nosso artigo introdutório de investimentos!

Comece a investir em ações com pouco dinheiro

Agora que você entendeu como investir em ações com pouco dinheiro, já pode começar a treinar com investimentos menores e se aprofundar no assunto.

Para isso, conte com a Capital Research como seu ponto de partida para acessar informações objetivas, confiáveis e transparentes sobre investimentos — já traduzidas para a sua realidade.

Afinal, para entender como avaliar os índices da bolsa e escolher as melhores ações, você precisa se dedicar seriamente aos estudos do mercado financeiro.

Pense que você terá que compreender a fundo cada indicador financeiro para prever os resultados das empresas e identificar as oportunidades e ameaças.

Então, aproveite essa chance de acessar conteúdos gratuitos para aprender a investir com pouco dinheiro — e, muito em breve, multiplicar sua carteira de ações.

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

2 anos atrás

Investimentos

Crescimento e desenvolvimento econômico: Guia completo para você saber tudo sobre o assunto

Você sabe o que é crescimento e desenvolvimento econômico? Neste guia você vai ...

2 anos atrás

Investimentos

Mercado Financeiro: tudo que você precisa saber sobre e como funciona

Entenda melhor sobre a bolsa de investimentos e sua utilidade nos negócios, assim ...

2 anos atrás