Controller: o que é e o que faz esse profissional?

Controller é o responsável por apresentar os dados contábeis aos gestores, qualificando a tomada de decisão na empresa.

Exercendo uma das áreas mais promissoras no mercado atualmente, o controller é responsável pelo planejamento contábil e fiscal de uma empresa. Ele precisa ser profundo conhecedor de finanças, entender de contabilidade e da área fiscal, mas também deve ser um ótimo generalista. Assim, o controlador, como também é chamado, consegue fornecer dados preciosos para a gestão empresarial. Descubra, neste artigo, como o controller exerce seu importante papel nas organizações.

Controller: o que é?

O controller é um profissional que atua na área de controladoria de uma empresa. Os níveis hierárquicos podem mudar de uma organização para outra, porém, geralmente ele se reporta ao CFO (Chief Financial Officer) ou Diretor Financeiro. Também conhecido como business controller, esse profissional é, a cada dia, mais requisitado no mercado. Após as Normas Internacionais de Contabilidade – ou IFRS – terem adesão no Brasil, sua função passou a ser mais procurada pelas empresas.

O que faz um controller?

O controller tem por principal função trazer melhores resultados para a empresa através da gestão financeira, fiscal e orçamentária. Por isso, ele precisa ser detalhista na coleta e organização de dados. Além disso, deve reuni-los de forma que sejam facilmente entendidos por outros setores da organização.

Por fim, o controller tem como atribuição planejar e controlar a execução de planos nas áreas financeiras, fiscais, contábeis e orçamentárias da empresa. Como ele faz isso tudo? Confira, a seguir, detalhes sobre cada uma das principais funções do controller.

Coleta e armazenamento de dados

O trabalho do controlador passa, essencialmente, pela análise de dados. Para que o estudo seja o mais consistente possível, as informações devem estar precisas. Assim, a controladoria exige uma detalhada e minuciosa coleta de dados. Mais do que isso, é necessário que o controller consiga armazená-los e alimentar as planilhas ou softwares adequadamente.

Entrega de relatórios

O que fazer com todos os números encontrados? É função do controlador elaborar relatórios ricos, que ajudem os gestores na tomada de decisão. Por isso, ele deve ter uma visão estratégica para saber o que os relatórios precisam conter.

Mas, também depende de um olhar tático e operacional para conseguir formular documentos práticos e condizentes com a realidade. É através desses relatórios construídos pelo controller que a alta gestão poderá tomar importantes decisões sobre o futuro financeiro e orçamentário da empresa.

Planejar e executar

Como vimos, a área da controladoria costuma se reportar à Diretoria Financeira. Apesar de não fazer parte do topo hierárquico de uma empresa, o controller também precisa se dedicar a planejamentos. Assim, o profissional tem autonomia e capacidade suficientes para analisar e sugerir estratégias sobre diferentes questões da companhia, incluindo:

  • Faturamento esperado nos próximos períodos
  • Projeção de custos e despesas
  • Previsão de lucro e lucratividade
  • Cálculo sobre retorno esperado.

A parte financeira, orçamentária, contábil e fiscal pode ser planejada pelo controller, seguindo orientações da alta direção. Além disso, ele tem a função de acompanhar e monitorar para que os planos sejam devidamente executados.

Qual o perfil de um controller?

Basicamente, ser generalista nos demais setores e especialista na controladoria: esse é o perfil ideal de um bom controller. A necessidade de um profissional generalista se justifica porque sua função requer conhecimento de diferentes áreas da empresa.

Mas, ao mesmo tempo, ele deve se especializar no exercício da controladoria e, assim, buscar a melhor performance dos seus trabalhos. No geral, o controller tem formação em Administração ou Ciências Contábeis. Para seu melhor desempenho, deve ter domínio na língua inglesa e saber trabalhar com planilhas feitas no Excel.

Além disso, muitas empresas também exigem experiência comprovada na área de Finanças, profundo conhecimento sobre normas contábeis internacionais e locais e, por fim, proximidade com as regras de compliance.

Por quê o controller ajuda a empresa?

A função do controller tem sido considerada uma das mais críticas em empresas de sucesso ao redor de todo o mundo. O trabalho de planejamento e execução do profissional é crucial para os bons resultados das corporações.

O cargo ainda não é tão comum em organizações de porte pequeno e médio – devido, até mesmo, às altas remunerações pagas ao profissional. Porém, vem se tornando cada vez mais comum em negócios bem-sucedidos. Seu trabalho é capaz, ainda, de mensurar riscos e de neutralizá-los sempre que possível. E se a empresa vai bem, ela passa uma imagem positiva ao mercado, o que a torna mais atrativa, inclusive, para potenciais investidores.

Fique sempre bem informado sobre assuntos financeiros, investimentos e contábeis, aqui no blog da Capital Research. Aproveite para acessar nosso site e descobrir mais sobre como encontrar as melhores oportunidades de investimento.

Recomendados

Investimentos

Entenda o que é passivo circulante e como afeta as finanças de uma empresa

Saber identificar como anda a saúde financeira de uma instituição pode fazer a ...

2 anos atrás

Investimentos

Liquidez Seca: conheça esse indicador pouco conhecido

Indicador de liquidez auxilia a manter saúde financeira das empresas ao apontar ...

2 anos atrás