Dow Jones: conheça e analise o índice de ações dos EUA

O índice Dow Jones mede o desempenho do mercado de ações nos EUA. Conheça as empresas que fazem parte dele.

O Dow Jones é um dos principais índices de ações dos Estados Unidos e do mundo. O valor apresenta a cotação de um número selecionado dos papéis de grandes corporações americanas.

Portanto, ele consegue dar indicações importantes sobre a economia, sinalizando sobre o mercado de investimentos. Para quem investe em ações, o índice é um dado que precisa ser acompanhado com frequência, além de ser mais uma opção de aplicação.

Descubra, assim, o que é o índice Dow Jones, quais empresas são listadas e como você pode investir nesse seleto grupo de gigantes americanas.

O que é Dow Jones?

O Dow Jones Industrial Average – também conhecido como DJIA, Dow 30 e INDP – é um índice de ações. Ele representa o comportamento dos papéis das 30 empresas mais importantes dos Estados Unidos.

O índice foi criado em 1896 pelos jornalistas Charles Dow e Edward Jones, do The Wall Street Journal. Ele permanece, até os dias de hoje, sendo calculado pela publicação americana.

Inicialmente, o DJIA media o resultado de 12 empresas e, gradualmente, foi incorporando novas organizações ao cálculo. Juntamente a outros importantes índices americanos – como S&P 500 e Nasdaq Composite –, o Dow Jones tem grande relevância para o mercado de investimentos dos EUA e internacional.

Qual a importância do Dow Jones para o mercado de ações

O Dow Jones é um dos índices mais relevantes não somente para os acionistas que investem nos Estados Unidos, mas para investidores de todo o mundo. Assim, sua data de criação e histórico fazem do DJIA um dado com relevância e reputação.

Além disso, o fato de se concentrar em apenas 30 empresas o torna mais preciso e focado no desenvolvimento das ações de corporações de peso. Ao mesmo tempo, essa quantia traz certa polêmica entre os analistas, pois eles consideram a avaliação do Dow Jones restrita.

O S&P 500, por exemplo, faz uma análise sobre 500 empresas que operam na NYSE – a Bolsa de Valores de Nova York.

Seja como for, índice Dow Jones segue sendo uma das grandes referências para os investidores, pois traça a trajetória das ações de corporações de grande impacto para a economia americana e mundial.

Composição do índice Dow Jones

Veja, a seguir, a lista com as 30 empresas que compõem o índice Dow Jones:

  1. American Express Co – AXP
  2. Apple Inc – AAPL
  3. Boeing Co – BA
  4. Caterpillar Inc – CAT
  5. Cisco Systems Inc – CSCO
  6. Chevron Corp – CVX
  7. Exxon Mobil Corp – XOM
  8. General Electric Co – GE
  9. Goldman Sachs Group Inc – GS
  10. Home Depot Inc – HD
  11. International Business Machines Corp – IBM
  12. Intel Corp – INTC
  13. Johnson & Johnson – JNJ
  14. Coca-Cola Co – KO
  15. JPMorgan Chase & Co – JPM
  16. McDonald’s Corp – MCD
  17. 3M Co – MMM
  18. Merck & Co Inc – MRK
  19. Microsoft Corp – MSFT
  20. Nike Inc – NKE
  21. Pfizer Inc – PFE
  22. Procter & Gamble Co – PG
  23. Travelers Companies Inc – TRV
  24. UnitedHealth Group Inc – UNH
  25. United Technologies Corp – UTX
  26. Verizon Communications Inc – VZ
  27. Visa Inc – V
  28. Wal-Mart – WMT
  29. Walt Disney Co – DIS
  30. DowDuPont Inc – DWDP

Como o índice Dow Jones é calculado

Existe uma fórmula para calcular o índice Dow Jones, que é:

  • DJIA = Σp/d

Em que:

  • Σp: soma do preço das 30 ações que compõem o índice
  • d: divisor Dow.

O divisor Dow equaliza as oscilações e distorções da cotação dos papéis, ao considerar eventos como distribuições de dividendos e splits de ações do índice.

Tem como investir no Dow Jones?

Para quem está fora dos Estados Unidos, só será possível investir nas bolsas de valores do país através de corretoras americanas.

Mas, mesmo assim, não dá para aplicar diretamente no DJIA pelo Brasil. Então, alternativa para ganhar dinheiro investindo nas 30 maiores empresas americanas é com a compra de cotas de ETFs (Exchange Traded Funds).

Assim, o investidor precisará encontrar ETFs que façam aplicações em ações que compõem o índice. Veja, a seguir, como investir em ETFs relacionados ao Dow Jones estando no Brasil ou em qualquer outra parte do mundo.

 

1 – Abra conta em corretora de investimentos americana

Pesquise por instituições financeiras que operem no mercado dos Estados Unidos e aceitem trabalhar com estrangeiros. Assim, avalie os custos e condições de aplicação da corretora e, encontrando a melhor opção, abra uma conta de investimentos.

 

2 – Pesquise pelos ETFs atrelados ao Dow Jones

Agora, acesse seu home broker fornecido pela corretora e comece a pesquisar pelos ETFs que invistam nas ações de empresas listadas na DJIA. Então, analise as condições para a compra e escolha o ativo que esteja mais alinhado às suas expectativas de rentabilidade.

 

3 – Acompanhe o índice e a aplicação

Depois que o papel entrar para a sua carteira de investimentos, fique de olho nas movimentações do mercado. Você deve, assim, acompanhar o índice Dow Jones para entender como suas aplicações em ETFs está rendendo.

Por fim, leia mais informações sobre o mercado de investimentos americano, brasileiro e mundial na Capital Research. Você terá acesso a conteúdos atualizados e exclusivos, além de carteiras recomendadas com as melhores ações. Confira!

Recomendados

Investimentos

Nasdaq: como investir com lucro na bolsa americana

...

1 mês atrás

Investimentos

Como investir na bolsa americana em apenas 3 passos

...

1 mês atrás

Investimentos

Bolsas de valores internacionais: história e curiosidades sobre elas

Tem interesse no mercado financeiro? Saiba quais são as principais bolsas de valores ...

4 meses atrás