Empresas que pagam dividendos mensais: quais são e como encontrar

Encontrar empresas que pagam dividendos mensais é uma alternativa para complementar a renda. Descubra quais são.

Encontrar empresas que pagam dividendos mensais é uma alternativa para quem deseja viver de dividendos ou quer complementar a própria renda com a distribuição de lucro das empresas.

Com a taxa Selic na mínima histórica, as empresas que pagam dividendos recebem cada vez mais atenção dos investidores, porque, em muitos casos, o retorno dessas empresas em dividendos é superior ao rendimento de títulos de renda fixa, por exemplo.

Mas escolher empresas que pagam dividendos mensais não é necessariamente a melhor estratégia para montar a sua carteira de dividendos. 

Neste artigo, você vai entender por que a minoria das empresas pagam dividendos mensais e por que você deve pensar em diversificar a carteira com boas pagadoras de dividendos, antes de pensar na recorrência do pagamentos especificamente.

Todas empresas pagam dividendos mensais?

Não são todas as empresas que pagam dividendos mensais. Na verdade, apenas uma parcela muito pequena das empresas têm esse hábito, porque o valor mensal distribuído seria muito baixo.

As maiores pagadoras de dividendos tendem a acumular o lucro por alguns meses para, então, fazer a distribuição de dividendos aos acionistas. 

Mas, antes de nos aprofundarmos na frequência de pagamentos dos dividendos, vale a pena entender como funciona a distribuição de dividendos por parte das empresas.

Dividendos são parte dos lucros das empresas distribuídos aos acionistas, como uma maneira de remunerar o investimento. 

Para distribuir dividendos, a empresa precisa, em primeiro lugar, gerar lucros. Mas, mesmo entre as que geram lucros, a distribuição desses valores depende do estatuto da empresa e da estratégia definida pelo conselho de administração.

Se a empresa está em fase de crescimento e precisa reinvestir os lucros no próprio negócio, seja para adquirir outras empresas, ampliar serviços ou produtos, faz sentido que apenas uma pequena parcela dos lucros sejam distribuídos.

Já empresas que estão em uma fase madura, com um grande market share, tendem a distribuir uma parte maior dos lucros, porque não têm necessidade de continuar crescendo. Nesse caso, a distribuição de dividendos acaba sendo uma estratégia para atrair acionistas. 

Entre as empresas que pagam dividendos, a periodicidade varia bastante. O maior volume de dividendos costuma ser distribuído semestralmente, trimestralmente ou anualmente pelas companhias.

Nesse caso, o que mais importa não é a frequência, mas o valor total. Uma empresa que paga dividendos com frequência mensal pode trazer menos retornos em dividendos do que uma empresa que paga dividendos anualmente.

A principal opção para entender essa relação é o Dividend Yield, que mostra a proporção entre o valor pago em dividendos por ação e o preço de cada ação. Nesse caso, quanto maior o percentual, maior o retorno ao acionista.

Mesmo assim, se você busca necessariamente empresas que pagam dividendos mensais, vamos listar as duas principais opções do mercado de ações brasileiro a seguir, com base no ano de 2019.

Quais empresas pagaram dividendos mensais em 2019

Em 2019, duas empresas se destacaram no mercado financeiro pela distribuição mensal de dividendos: o Itaú (ITUB3/ITUB4) e o Bradesco (BBDC3/BBDC4). 

Itaú

O Itaú tem a política de distribuir dividendos mensais, conforme atesta o próprio site de Relações com Investidores da companhia: “Desde julho de 1980, o Itaú Unibanco vem remunerando os acionistas por meio de pagamentos mensais e complementares, sendo que esses últimos têm ocorrido, historicamente, duas vezes ao ano, e são igualmente distribuídos para os acionistas ordinaristas e preferencialistas”. 

Em relação ao pagamento mensal, o Itaú explica que paga o valor de R$ 0,015 por ação, com base na posição acionária de cada acionista.

Perceba que esse valor distribuído mensalmente é bastante reduzido. Em maio de 2020, uma ação de ITUB4 é negociada por volta de R$ 22,00. Isso significa quem possui 500 ações de ITUB4, com investimento total de R$ 11 mil, recebe apenas R$ 7,50 mensalmente nessa distribuição de dividendos mensal. 

Mas a coisa muda de figura quando surgem os dividendos complementares, que representam a maior parte dos lucros distribuídos. Em fevereiro de 2019, a empresa pagou, por exemplo, R$ 1,05 por ação. Significa que quem possuía 500 ações ao custo de R$ 11 mil recebeu mais de R$ 500 em dividendos. 

No acumulado dos últimos 12 meses, o Dividend Yield do Itaú é de 8,97%. Ou seja: quem possui R$ 11 mil em ações do Itaú vai recebeu quase R$ 1 mil em dividendos ao longo do ano, e os dividendos mensais compuseram a menor parte desse total.

Bradesco

O Bradesco também paga dividendos mensais aos acionistas, conforme mostra o site de Relações com Investidores da empresa.

Em 2019, o valor é de R$0,017249826 por ação para as ações ordinárias (ON) R$ 0,018974809 por ação para as ações preferenciais (PN).

A exemplo do Itaú, no entanto, a maior parte dos dividendos não foi distribuída nesses valores mensais, e sim em pagamentos complementares. Em outubro de 2019, por exemplo, o Bradesco pagou R$ 1,04 por ação para os acionistas preferenciais.

Nos últimos 12 meses, o Dividend Yield do Bradesco está na faixa dos 11,12%, enquanto a ação é negociada ao redor de R$ 17 no mês de maio de 2020.

Como encontrar empresas que pagam dividendos mensais

Como vimos, encontrar empresas que pagam dividendos mensais não é o fator mais relevante ao analisar as ações que pagam dividendos, porque o valor mensal é pouco significativo dentro da distribuição total ao longo do ano.

Mesmo assim, se você deseja ver esse valor pingando todos os meses, por menor que ele seja, separamos algumas dicas para encontrar essas empresas.

Analise o histórico de pagamento dos dividendos

O primeiro passo é o mais óbvio: analisar o histórico de pagamento de dividendos das empresas. Sites de análise fundamentalista permitem buscar com filtros mostrando as empresas com maior Dividend Yield, por exemplo. 

A partir daí, fica fácil acessar o histórico de pagamento de dividendos de cada empresa para descobrir se os pagamentos são mensais ou não.

Leia as políticas de distribuição de dividendos da empresa

Empresas que pagam bons dividendos ou distribuem dividendos mensalmente tendem a possuir políticas claras de distribuição de dividendos.

Se você tem interesse nesses dividendos e quer ser acionista, é essencial ler as apresentações e acessar o site de Relações com Investidores das empresas.

Diversifique seus investimentos

A melhor estratégia para montar uma carteira de dividendos é diversificar a carteira entre empresas de diferentes setores, cujo pagamento de dividendos varia ao longo do ano.

Dessa maneira, ao escolher entre 8 a 15 empresas, você já consegue garantir o pagamento de dividendos com grande recorrência, inclusive mensal.

E aí, gostou das dicas? Se você está montando a sua carteira de ações e quer analisar empresas que pagam dividendos mensais, assine a Capital Research e tenha acesso a relatórios completos com indicações de especialistas no mercado financeiro.

Dê o seu próximo passo para investir melhor

Descubra uma nova plataforma para encontrar as melhores oportunidades de investimento de maneira rápida e direta.

Portal

Recomendados

Investimentos

O que é payout e 4 ações que pagam dividendos

Em dúvida sobre o que é payout e sua relação com as empresas pagadoras de ...

11 meses atrás

Investimentos

Dividend Yield: o indicador de rendimento de dividendos para acionistas

Já ouviu falar do Dividend Yield? Nós, da Capital Reseach, preparamos um artigo ...

11 meses atrás

Investimentos

Ações com dividendos: como ter as melhores na sua carteira?

...

5 meses atrás