Estresse financeiro: como evitar com planejamento

Veja como evitar o estresse financeiro organizando suas contas, montando um orçamento e investindo para o longo prazo.

Com tantas incertezas no cenário atual, é comum se encontrar em uma situação de estresse financeiro. A crise econômica se intensificou ainda mais durante a pandemia do novo coronavírus, criando insegurança e, muitas vezes, prejuízos.

As preocupações com dinheiro costumam afetar fortemente a vida pessoal e profissional daqueles que sofrem com esse problema, podendo inclusive evoluir para casos de depressão.

Leia este post que preparamos para entender melhor o estresse financeira e conferir dicas para superá-lo.

O que é estresse financeiro

Antes de compreender os mecanismos do estresse financeiro, vale a pena dar um passo atrás para definir o que é estresse de maneira geral.

Trata-se de uma reação natural humana que aparece em situações de perigo. Ao ocorrer de maneira rotineira ou em níveis elevados, ele acaba sendo bastante prejudicial para a saúde física e mental.

Essa condição afeta sono, humor, apetite, imunidade, produtividade e relacionamentos. Quando o estresse está ligado a uma motivação financeira, pode ser resultado de um endividamento, perda ou medo da perda de um emprego, consumismo ou imprevistos ligados a emergências de crédito.

Nos Estados Unidos, um estudo realizado pela plataforma Thriving Wallet descobriu que o estresse financeiro é um dos grandes vilões do bem-estar. 

Os resultados, publicados em 2020 e pré-coronavírus, apontaram que o dinheiro tem impacto nos níveis de estresse de 90% dos entrevistados. Entre os participantes, 65% sentiam que as dificuldades financeiras se acumularam tanto, que não seria possível solucioná-las.

No Brasil, o estresse financeiro também é palpável. Em maio de 2020, já em meio às incertezas e dificuldades provocadas pela crise global, cerca de 25% das famílias tinham dívidas em atraso, conforme pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Planejamento para evitar o estresse financeiro

A melhor maneira de combater o estresse financeiro é se planejar. Ignorar o problema só vai torná-lo pior. Então, criar hábitos positivos como controlar despesas e poupar dinheiro farão com que imprevistos possam ser antecipados, sem comprometer o patrimônio.

Faça um diagnóstico das finanças

O primeiro passo para superar o estresse financeiro (ou evitá-lo) é fazer uma análise geral de suas economias. Verifique gastos mensais, dívidas pendentes, renda e a totalidade dos seus bens disponíveis.

Organize seu orçamento

Sabendo de suas possibilidades e pendências, é o momento de montar seu orçamento. Anote em um papel ou aplicativo todos os seus ganhos e custos. Dessa forma, você conseguirá identificar suas maiores despesas, o que é essencial e o que pode ser reduzido ou eliminado.

Defina metas

Os objetivos são muito úteis para manter uma boa saúde financeira, aumentar o patrimônio e realizar sonhos. Determine metas claras e realistas, como sair do vermelho, fazer uma viagem, dar entrada em um apartamento, etc. Faça uma divisão de curto, médio e longo prazo. Isso vai ajudar você na hora de decidir onde o dinheiro deve ser investido.

Quite suas dívidas

Um dos maiores responsáveis pelo estresse são as dívidas. Antes de construir seu futuro, acerte as contas com o presente

Livre-se dessas preocupações se planejando para pagar o mais rápido possível, para não ser prejudicado ainda mais pela cobrança de juros compostos, verdadeiros vilões de quem toma crédito.

Com o levantamento de tudo que é devido, tente negociar com o credor o valor ou a maneira de quitar, e estabeleça o quanto será necessário poupar para alcançar a quantia combinada. Em alguns casos, vale lembrar que é possível tomar um empréstimo com juros mais baixos para pagar uma dívida mais cara.

Crie um colchão de emergência

Ter uma reserva de emergência faz parte de um planejamento financeiro básico. Isso trará mais tranquilidade quando você se deparar com situações inesperadas que abalam as contas, seja uma despesa de saúde, no carro, na casa ou uma demissão.

Idealmente, você deve ter guardado seis meses do seu custo de vida, para que o impacto dos gastos desagradáveis seja menor. E esse montante precisa estar reservado em um investimento de acesso fácil e de liquidez diária, como fundos de Tesouro Selic.

Invista para superar o estresse financeiro

Aos poucos, é possível superar o estresse financeiro. Uma vez que você resolveu as suas dívidas e consolidou o seu fundo de emergência, está na hora de proteger e multiplicar o seu patrimônio, destinando parte de sua renda aos investimentos. 

Para isso, confira nossas dicas:

Entenda o que é diversificação

Não existe nenhuma aplicação que sirva para todo mundo e a qualquer objetivo. Por isso, você deve pesquisar e conhecer os vários tipos de investimentos, e, assim, adequar cada um ao seu perfil e às suas metas, de acordo com o tempo de resgate. Diversificar também é importante para melhorar a rentabilidade do capital e diminuir os riscos.

Conheça a renda variável

A renda variável é um caminho inevitável. Cedo ou tarde, os investidores devem explorar esse universo para obter rendimentos acima da média em um cenário de juros baixos.

A dica é começar devagar, conhecer seu perfil de investidor e dar esses primeiros passos com um fundo de investimentos. Dessa forma, você delega a um gestor a alocação dos recursos e pode valorizar seu capital sem correr tantos riscos.

Invista para o longo prazo

Ter como meta a independência financeira ou pensar na sua aposentadoria é sempre válido na hora de montar sua carteira.

Com essa mentalidade, você pode combinar renda fixa e variável para obter o melhor dos mundos: liquidez em momentos de emergência e rentabilidade alta em períodos mais longos

Colocando em prática todas essas recomendações no seu dia a dia, você vai conseguir superar o estresse financeiro. Gostou do conteúdo? Ajude outras pessoas compartilhando este post nas suas redes sociais.

Dê o seu próximo passo para investir melhor

Descubra uma nova plataforma para encontrar as melhores oportunidades de investimento de maneira rápida e direta.

Portal

Recomendados

Investimentos

Planejamento Financeiro Pessoal: saiba como fazer e como pode te ajudar

Entenda melhor como administrar sua verba e cortar os gastos é essencial para seu ...

10 meses atrás

Investimentos

Como fazer um planejamento financeiro para o longo prazo

...

2 meses atrás

Investimentos

Investimento a longo prazo: o que você precisa saber para começar?

Investimento a longo prazo é uma ótima opção para quem quer planejar um futuro ...

9 meses atrás