ETF: Saiba o que é e como funcionam esses fundos

Os ETFs, ou fundos de índice, são uma ótima opção para a diversificação de sua carteira.

ETF

Um conceito muito disseminado por investidores de qualquer patamar é o de fundos de investimento. Trata-se de uma carteira de ativos financeiros, oferecida por administradoras que disponibilizam cotas desses ativos para captar recursos. Ou seja, uma carteira formada por uma variedade de investimentos de renda fixa e variável, pela qual os cotistas pagam uma taxa administrativa.

Algo muito parecido com os fundos de investimento é o ETF, ou Exchange Traded Fund, também chamado de fundo de índice. O ETF é um fundo passivo, já que o investidor não se expõe diretamente a ações, mas a índices que as representam. Abaixo, tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de investimento.

O que é ETF

O ETF é um fundo de ações cuja referência é um índice da bolsa de valores. Os investidores compram cotas desses fundos e recebem o retorno de acordo com o rendimento deles. Os fundos são fechados, ou seja, o investidor não escolhe que ações o compõem, mas sim um gerenciador, que fará diariamente compras e vendas para melhorar o seu rendimento. O ETF mais negociado na B3 é o BOVA11, atrelado ao Ibovespa.

As principais características dos fundos de índice são:

Diversificação

Com apenas poucas cotas, você fica exposto a diversas ações. Atualmente, os valores de cada cota dos mais importantes ETFs variam entre R$ 50 e R$ 100. O ETF é vendido por lote, e o mínimo é de 10 cotas, ou seja, entre R$ 500 e R$ 1000.

Liquidez

É fácil vender ou comprar ETFs a qualquer momento, já que eles são negociados todos os dias na Bolsa.

Acessibilidade

As operações são realizadas pelo Home Broker.

Taxas e tributos

Apesar de suas taxas serem em geral menores que as das ações propriamente ditas, os ETFs são tributados pelo Imposto de Renda, ao contrário das ações, isentas em valores abaixo de R$ 20.000.

Reinvestimento

Os rendimentos dos ETFs são automaticamente reinvestidos.

Transparência

O investidor consegue acessar as documentações a qualquer momento e acompanhar o fundo de índice de perto.

Como o ETF ajuda a diversificar seus investimentos

A diversificação é a palavra de ordem dos investidores. Quanto mais diversificada uma carteira de investimentos, mais chances ela tem de ser equilibrada e ter bons rendimentos, com riscos diminuídos. Corretoras oferecem uma grande variedade de fundos, cada um composto por diferentes ativos, ou o próprio investidor realiza essa escolha.

Um ETF é prático porque não precisa de nenhum esforço. Sua composição está descrita em seu regulamento e somente determinadas ações fazem parte de cada um deles, com determinadas características. Esses fundos são compostos de cerca de 50 a 100 empresas de diversos segmentos (ou de um mesmo, dependendo do ETF).

Os ETFs também permitem aplicações em outros países, com os fundos IVVB11 ou SPXI11, que replicam o S&P500, índice composto pelas 500 maiores empresas da Bolsa de Valores dos Estados Unidos, abrangendo companhias como Amazon, Apple e Google. Isso tudo sem precisar sair do país e nem mesmo abrir conta no exterior.

ETF: Como escolher as melhores opções?

Você pode se fazer algumas perguntas para optar pelo ETF que mais se adequa ao seus propósitos. São elas:

1.   Você conhece bem a corretora escolhida?

É preciso saber se sua corretora tem forte atuação com ETFs e disponibiliza ferramentas simples de transparência para que você acompanhe seus investimentos.

2.   Você terá a exposição que deseja?

Os ETFs podem variar significativamente entre um e outro e por isso é preciso ficar atento ao índice e questionar seu consultor financeiro sobre as diferenças entre os produtos oferecidos.

3.   Qual é a liquidez do ETF que você quer adquirir?

É muito importante considerar a liquidez dos ETFs, garantindo a capacidade de negociar na hora de reduzir ou ampliar sua exposição.

4.   Qual será o custo total de um ETF?

É preciso avaliar as despesas e outros custos implícitos, como negociação e impacto de mercado, com a ajuda de seu consultor financeiro.

Lista completa dos ETFs disponíveis na bolsa de valores

Características dos principais fundos:

BOVA11

O BOVA11 é um dos vários ETFs baseados no índice Ibovespa, que é composto por ações das empresas responsáveis por mais de 80% do número de negócios e do volume financeiro da Bolsa de valores brasileiras. Ele é hoje o maior ETF da bolsa, com mais de 6,5 bilhões de patrimônio líquido.

O fundo é administrado pelo Citibank, tendo sua gestão realizada pela BlackRock Brasil, filial nacional da maior gestora de ativos do mundo, a BlackRock. O lote mínimo para compra e venda do BOVA11 é de 10 cotas, e sua taxa de administração é de 0,54% ao ano.

BRAX11

O BRAX11 é um ETF que segue a rentabilidade do índice IBrX-100. Esse índice representa o desempenho das 100 empresas mais negociadas da B3, a Bolsa de Valores brasileira.

O BRAX11 é administrado pelo Citibank e gerido pela BlackRock Brasil. Suas ações mais representativas são as do Itaú (ITUB4), da Vale (VALE3), do Bradesco (BBDC4) e da Petrobras (PETR3 e PETR4). Sua taxa administrativa é de 0,20% ao ano.

SMAL11

o SMAL11 é gerido pela BlackRock e administrado pelo Banco BNP Paribas. O fundo de índice performa de acordo com o desempenho dos ativos das empresas com os menores valores de capitalização listadas na bolsa (B3).

IVVB11

A grande diferença do IVVB11 com relação a outros fundos de índice é que ele acompanha um índice interacional o S&P500, que reúne as 500 maiores empresas de capital aberto dos EUA. Assim, pode-se dizer que o IVVB11 é uma maneira de se investir em ações americanas. E ainda melhor: sem precisar abrir conta no exterior. Além disso, o investidor também é impactado com a variação do dólar.

Algumas das empresas que compõem esse índice são Apple, Microsoft, Facebook, Amazon e Google.

Quer investir em ETF?

Saiba mais sobre como investir em ETFs ou em qualquer outro fundo, conferindo o Guia do Investimento da Capital Research!

Recomendados

Investimentos

Análise técnica: o que é e como lucrar com ações

Análise técnica é uma ferramenta utilizada para qualificar o investimento no ...

12 meses atrás

Investimentos

Como investir em ações com pouco dinheiro: passo a passo

Aprenda como investir e comprar ações com pouco dinheiro, confira nosso passo a ...

1 ano atrás

Investimentos

Controller: o que é e o que faz esse profissional?

Controller é o responsável por apresentar os dados contábeis aos gestores, ...

12 meses atrás