Home broker: o que é e como funciona

Entenda agora o que é e como funciona o home broker e como comprar ações na Bolsa de Valores com essa plataforma.

Entender o que é e como funciona o home broker é fundamental para o investidor que atua na Bolsa de Valores.  Por meio dessa plataforma, com uma interface amigável e acessível a alguns cliques de distância, você pode fazer operações de compra e venda de ações e outros ativos financeiros.

Entre as vantagens de usar a ferramenta, estão o acompanhamento de índices do mercado, o controle da carteira de investimentos e o acesso à Bolsa de Valores de forma prática e rápida.

Quer saber mais? Neste guia, descubra o que é e como funciona o home broker e aprenda a comprar ações na bolsa.

Home broker: o que é 

Home broker é uma plataforma por meio da qual é possível fazer negociações na Bolsa de Valores. No Brasil, a Bolsa de Valores é a B3, a Bovespa, que fica em São Paulo.

De forma prática e simples, com acesso à internet, o investidor pode comprar e vender ações e outros ativos financeiros da B3. Em uma interface bem acessível, fica fácil acompanhar a oscilação dos preços das ações, monitorar as últimas notícias do mercado, verificar as operações em um determinado papel e negociar lotes de ações.

O home broker é oferecido dentro da plataforma da corretora de valores. Trata-se de uma alternativa ágil ao método utilizado anteriormente, quando o investidor precisava do intermédio de uma mesa de operações para fazer as negociações  — o que tornava o processo mais lento e burocrático.

Como funciona um home broker

O home broker funciona como um software ou aplicativo no site da sua corretora. Ele abre em uma nova janela, pede uma senha (normalmente com autenticação de dois fatores) e, então, apresenta uma tela inicial com suas configurações básicas: as principais ações acompanhadas, o índice Bovespa, uma lista de últimas notícias, entre outros elementos que variam conforme a instituição financeira.

A seguir, descubra os principais recursos para entender como funciona o home broker. 

1. Negociação de ativos financeiros

O principal recurso do home broker, conforme você já sabe, é permitir negociações na Bolsa de Valores. E isso vai além da compra e venda de ações.

Na plataforma, também é possível negociar no mercado futuro e no mercado de opções, por exemplo.

2. Acompanhamento de dados do mercado

Ao utilizar um home broker, o investidor também acompanha dados importantes sobre o mercado e índices da bolsa para embasar a tomada de decisão. É possível ter acesso a cotações e notícias em tempo real, o que é essencial para definir a hora certa de comprar e vender ações.

A vantagem é que o home broker centraliza essas informações, facilitando a rotina do investidor.

3. Controle da carteira de investimentos

Outra funcionalidade é a de controlar a carteira de investimentos por meio da visualização de dados históricos de açõesDessa maneira, o investidor acompanha as ações da carteira a partir de uma visualização ampla, o que facilita a avaliação da qualidade de suas aplicações.

4. Acompanhamento de ordens

O home broker também permite o acompanhamento dos pedidos de ordens feitos pelo investidor. Assim, ele sabe exatamente quais ordens de compra ou venda de ações já foram executadas ou não.

Além disso, o investidor tem acesso a uma funcionalidade chamada de book de ofertas: uma lista com ordens de outros investidores, com preços e quantidades, para acompanhar as movimentações do mercado.

5. Definição de stop loss e stop gain

No home broker, o investidor pode definir ordens de stop loss e stop gain, recursos que controlam perdas e ganhos máximos relativos às ações compradas. É uma funcionalidade importante sobretudo para limitar os prejuízos ao investir em renda variável.

Como comprar ações no home broker 

Depois de entender o que é e como funciona o home broker, vamos à parte prática: o passo a passo para comprar ações na plataforma. Confira:

  • Na plataforma, abra a boleta, a ferramenta para realizar ordens de compra e venda de ações
  • Na boleta, selecione a ordem de compra
  • Informe o código do ativo, a quantidade e o valor que você se propõe a pagar
  • Conforme a ordem com a sua senha na plataforma
  • Pronto, o pedido é enviado para o sistema da Bolsa de Valores, e você pode acompanhar as transações em tempo real.

O processo, como você pode ver, é simples. Mas saiba que, para usar o home broker, é necessário já ter uma conta em uma corretora de valores.

A parte mais complexa do processo é criar uma estratégia de investimentos e analisar os dados do mercado financeiro e índices da bolsa para escolher, de fato, quais ações você vai adquirir. Para isso, você pode contar com o apoio de uma assessoria especializada, como a da Capital Research.

Por aqui, você monta uma carteira de investimentos diversificada, acompanha análises especializadas sobre o mercado e recebe apoio de um time de analistas com ampla experiência em investimentos.

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

1 ano atrás

Investimentos

Como viver da Bolsa de Valores: 5 dicas para atingir esse objetivo

Viver de investimentos no mercado de capitais pode ser uma meta atingível. Saiba ...

9 meses atrás

Investimentos

Bolsa de Valores para iniciantes: tudo o que você precisa saber

Entenda o que é, como funciona e as principais características da bolsa de valores ...

9 meses atrás