Robô trader: o que é, como funciona e quais cuidados tomar

O robô trader é seu aliado digital para automatizar as operações na bolsa. Veja como funciona e quais cuidados tomar.

Usar um robô trader pode ampliar sua capacidade de negociar ativos e gerar lucros superiores — desde que você tenha uma boa estratégia. 

Com essa tecnologia, já é possível automatizar a compra e venda de ações e escalar suas operações na bolsa de valores. Assim, você não precisa mais ficar atento ao pregão o dia todo e pode aumentar o volume das transações. 

Mas, para que o robô trader funcione corretamente, é preciso definir muito bem as regras e parâmetros de atuação e acompanhar sua performance. 

Siga a leitura e aprenda a utilizar esses algoritmos. 

O que é robô trader

O robô trader, também conhecido como algotrading (algorithmic trading) ou robô investidor, é um sistema que negocia ativos financeiros automaticamente. Com ele, o day trader consegue automatizar a entrada e saída de posições a partir de regras e estratégias específicas.

Ao programar o robô trader para as funções repetitivas, o investidor não precisa mais passar o pregão inteiro em frente ao computador e ganha mais tempo no dia a dia. Mas, para que o algoritmo funcione corretamente, é preciso definir regras como:

  • O momento certo para comprar e vender ações
  • O limite aceitável de perda (stop)
  • A meta de lucro das operações.

Assim, o robô trader compra ou vende automaticamente a ação quando atinge determinado valor, por exemplo. Outra vantagem é que esses robôs podem operar com diversos ativos, como ações, opções e minicontratos, além de montar estratégias long & short.  

Por isso, esses robôs investidores estão cada vez mais populares e são reconhecidos pela sua agilidade e precisão. A plataforma de algotrading SmarttBot, por exemplo, afirma ter dado lucro para 73% dos seus clientes com as estratégias automatizadas, mesmo com o Ibovespa acumulando queda de 27% ao mês até março de 2020, segundo informações publicadas na Exame. 

Tipos de robô trader

Há diversos tipos de robô trader disponíveis no mercado, direcionados a diferentes ativos e perfis de investidor.

Conheça os mais populares. 

 

Robô trader de ações

O robô trader de ações é um dos mais conhecidos do mercado, utilizado por day traders que já têm experiência na bolsa de valores e precisam de recursos de automação. 

Esses robôs são indicados para quem já possui uma estratégia de negociação de ações, e devem ser parametrizados de acordo com as regras do investidor. Assim, é mais fácil acompanhar o pregão diário e aproveitar todas as oportunidades. 

 

Robô trader de criptomoedas

O robô trader de criptomoedas é utilizado para negociar Bitcoins e outras moedas digitais. Eles reagem ao mercado de criptomoedas utilizando a chamada média móvel exponencial (EMA) para análise de mercado — baseada no histórico de uma determinada criptomoeda ou do mercado em geral.

Ao acessar dados de várias trocas e estratégias de investimentos, os robôs traders conseguem fazer transações 24/7 com muito mais precisão, detectando as melhores oportunidades de compra e venda de criptomoedas.

 

Robô advisor

O robô advisor, ou robô consultor, é um software que ajuda a acompanhar a evolução do patrimônio e alocar ativos na carteira de investimentos. Sua função é fazer o cálculo da alocação de ativos, operações, monitoramento e resgates, de acordo com o risco tolerado e objetivos de rendimento.

Basicamente, é um gestor de carteira digital que apoia a tomada de decisão sobre investimentos a partir de uma estratégia predefinida pelo investidor. 

Cuidados com o robô trader

Para que o robô trader cumpra seu papel, é preciso tomar alguns cuidados na hora de programar e monitorar o algoritmo. 

Confira os pontos de atenção que essa tecnologia exige.

 

Focar na estratégia

O sucesso do robô trader depende unicamente da estratégia operacional por trás de seu algoritmo. Ou seja: se você programá-lo com uma tática vencedora, terá os lucros esperados, já que o robô consegue operar a uma velocidade humanamente impossível

Mas, se a estratégia não for bem-sucedida, pode ocorrer o oposto: você perderá dinheiro rapidamente. Por isso é fundamental focar na estratégia e não encarar o algoritmo como sinônimo de lucro. 

 

Fazer testes antes de operar

Os robôs traders disponíveis no mercado permitem fazer testes como o backtesting, que utiliza os dados passados do mercado para avaliar a performance da estratégia escolhida. Outro teste comum é o paper trading, que considera a operação durante o próprio pregão — só que com dinheiro virtual. 

 

Monitorar de perto

O robô trader também precisa ser monitorado constantemente, pois há movimentos do mercado que podem afetar suas operações. Para ajudar nesse acompanhamento, muitos softwares atuais oferecem gráficos e relatórios de desempenho em tempo real. 

Se você está pensando em usar um robô trader, certifique-se primeiro de que sua estratégia é eficiente e escolha o mais adequado para suas operações. Você pode se aprofundar no assunto assinando a newsletter da Capital Research — sua melhor fonte de informações sobre o mercado financeiro.  

Recomendados

Investimentos

Day trade: como funciona na prática (e dá dinheiro?)

Tire suas dúvidas sobre day trade, como funciona esse tipo de investimento na bolsa ...

1 ano atrás

Investimentos

Entenda o que é trade off? Aprenda mais sobre aqui

Você sabe o que é trade off? Entenda o conceito e saiba como aplicá-lo na hora de ...

1 ano atrás

Investimentos

Scalping: como ganhar dinheiro com essa técnica de investimento

Utilizar scalping é comum no mundo especulativo, mas quais são os benefícios de se ...

1 ano atrás