O que é valuation e como avaliar o valor de uma empresa

Valuation é um método de avaliação de empresas, que permite estimar o seu valor real e, assim, o retorno do investimento em ações. Conheça!

valuation

Todo negócio representa, para seus investidores, riscos e oportunidades. Nesse sentido, o valuation é o conjunto de técnicas que permite medir o peso de cada um desses dois elementos.

Uma empresa é como um organismo vivo que nasce, cresce e se desenvolve, podendo ser longeva ou não.

Tudo vai depender de como ela é administrada ao longo do tempo e das decisões e comportamento dos seus líderes e gestores, entre outros aspectos.

Enumerar cada uma das ameaças e chances que o mercado oferece, contudo, não é uma tarefa simples.

Cada contexto é único e o que é ruim para uma empresa pode não ser para outra. Como decidir se vale a pena investir nela, então?

Responder a essa e outras questões relativas à análise de riscos empresariais é o objetivo deste artigo.

Aqui, você conhecerá o significado de valuation e de que forma esse processo pode clarificar ideias e atrair mais investidores.

Vamos em frente?

O que é valuation?

Valuation, que em tradução livre pode ser entendido como avaliação, é a sistematização de técnicas e aplicação de ferramentas que permitem dizer o quanto uma empresa vale.

Dessa forma, trata-se de um recurso quantitativo, a partir do qual se pode inferir aspectos qualitativos de um negócio.

Uma empresa com mais tempo em atividade será mais facilmente avaliada do que uma que acaba de começar e que, por isso, não tem um histórico consolidado.

Por outro lado, um valuation preciso pode tornar uma empresa em fase inicial mais atraente, em função do maior potencial de explorar nichos ainda pouco atacados pela concorrência.

Tudo vai depender dos profissionais envolvidos, da lisura dos processos utilizados para avaliação e, claro, da performance da empresa avaliada.

Para que serve o valuation?

Normalmente, gestores que fazem o valuation de suas empresas o utilizam como uma espécie de retrato de seus negócios para o mercado externo.

Afinal, não há banco, investidor ou sócio que aceite investir em um empreendimento que não ofereça o mínimo de garantias de sucesso, ainda que sempre existam certos riscos.

Contudo, o valuation é também uma ferramenta útil para ser utilizada internamente.

Por ser um conjunto de técnicas quantitativas, ele acaba servindo como um raio-X de um negócio, podendo revelar deficiências e virtudes que, de outra forma, passariam batidas.

Pode ser, por exemplo, que sua empresa tenha uma imagem perante seus clientes totalmente diferente daquela que você imaginava.

Ou, ainda, é possível que seu fluxo de caixa revele que suas atividades, em vez de lucrativas, estejam lentamente perdendo o fôlego.

Nesses e em muitos outros contextos, o valuation será uma boa alternativa para fugir das armadilhas que se escondem no dia a dia, tanto nos momentos bons quanto nas fases difíceis.

Tipos de valuation

Embora existam métodos e fórmulas específicas para fazer o valuation, é importante que se entenda que não se trata de um método rígido.

Na verdade, medir o valor de um negócio em números também envolve considerar números intangíveis e, portanto, de difícil mensuração.

Aqui, vale um outro alerta: às vezes, o resultado de uma fórmula pode até não ser tão significativo, se comparado com a avaliação, por exemplo, da reputação da empresa.

Dito isso, podemos destacar como alguns dos métodos de valuation mais aplicados:

Valor patrimonial

Neste método, o valuation se baseia nos resultados operacionais em termos de lucro e faturamento até o momento da avaliação.

É indicado para empresas em contextos de estagnação que precisem comprovar para possíveis investidores que podem produzir mais.

Fluxo de caixa futuro

No fluxo de caixa futuro, como o nome já indica, a empresa faz uma estimativa de quanto será movimentado pelo período em análise.

Uma vez que essa estimativa seja conhecida, aplica-se a taxa de desconto, considerando possíveis riscos e oportunidades.

Análise de mercado

Também chamado de múltiplos de mercado, nesse método de valuation, a empresa realiza uma espécie de benchmarking.

Ou seja, ela faz uma avaliação comparativa com empresas do mesmo ramo, com foco em suas atividades operacionais e desempenho financeiro.

Payback

Já falamos do payback por aqui, ferramenta que serve para calcular o tempo que um investimento precisa para ter retorno.

Pois ele também pode servir como um instrumento de valuation, no sentido de dizer a investidores em quanto tempo terão suas aplicações devolvidas.

Como fazer o valuation de uma empresa

Como acabamos de ver, existem muitas formas de se avaliar um negócio.

Além dos métodos destacados, há ainda muitos outros que podem ser utilizados isoladamente ou, ainda melhor, de forma combinada.

Contudo, em aspectos gerais, é a partir da projeção de fluxo de caixa que o valuation deve ser realizado.

Veja como fazer em um breve passo a passo, considerando que sua empresa já tenha um histórico operacional e financeiro.

  • Com base nos registros de fluxo de caixa, trace uma estimativa para o período desejado
  • Aplique a taxa de desconto (WACC)
  • Tire a diferença dos valores projetados com o mesmo período passado, chegando, assim, a um valor com base no presente.

Esse passo a passo, claro, pode e deve ser incrementado com outras técnicas e procedimentos.

Quanto mais sofisticado (tomando o cuidado de não complicar demais), mais confiável será o resultado.

A gente espera que você utilize essa ferramenta com mais propriedade desde já. Afinal, sobrevive no ambiente de negócios as empresas mais capazes de medir e avaliar.

Na Capital Research é assim: informação sobre finanças e negócios de forma simples e sem complicação. Fique sempre bem informado, cadastrando.se gratuitamente em nossa plataforma.

Recomendados

Investimentos

AFAC: entenda tudo sobre Adiantamento Para o Futuro Aumento de Capital

AFAC, ou Adiantamento para Futuro Aumento de Capital, é uma estratégia utilizada ...

4 meses atrás

Investimentos

Bacen: entenda o que é e como essa instituição afeta seus investimentos

O Bacen é uma instituição do sistema financeiro responsável por controlar a ...

7 meses atrás

Investimentos

CDB e CDI: conheça as diferenças antes de investir

Entenda melhor sobre esses dois tipos de certificado de depósito e como se ...

6 meses atrás