Carteira Capital

Balanço da Semana: sem estímulos, ativos avançam pouco

Samuel Torres, CFA16/10/2020

Enquanto para os investidores brasileiros a semana começou apenas na terça-feira, lá fora a segunda-feira foi de forte alta, puxada por empresas de tecnologia, como Apple e Amazon, supostamente em função de expectativas relacionadas ao lançamento do Iphone 12 e ao Prime Day.

Nos próximos dias, nos EUA, os investidores ficaram bastante de olho no (não) avanço das discussões quanto a um novo pacote de estímulo, reduzindo as expectativas de uma aprovação antes das eleições após Democratas e Republicanos novamente não entrarem em um acordo, o que fez os mercados recuarem.

Ainda assim, no final da semana ações voltaram a se valorizar por lá com a divulgação do dado das vendas no varejo referente a setembro, que, além de mostrar crescimento, superou bastante as expectativas

Já na Europa, o avanço da segunda onda de covid-19 continua a preocupar, com diversos países tendo que aumentar as restrições novamente, com toques de recolher e lockdowns parciais.

Por aqui a preocupação central permanece a questão fiscal. A semana até tinha começado positiva nesse sentido, em decorrência de uma ação conjunta entre Banco Central e Tesouro Nacional, que alteraram a estratégia de oferta de títulos públicos e das operações compromissadas, limitando a frequência, prazos e valores de leilões de operações compromissadas, o que reduziu a pressão nas taxas dos títulos públicos vista nas últimas semanas.

Contudo, a preocupação retornou após o vice-presidente, Hamilton Mourão, afirmar existir a possibilidade de o programa Renda Cidadã não entrar no teto dos gastos.

Também pesou negativamente o IBC-Br de agosto, em 1,06%, bem abaixo das projeções de crescimento de 1,7% em relação a julho.

Assim, no consolidado da semana, Ibovespa, Ifix e S&P 500 subiram 0,8%, 0,3% e 0,2%, respectivamente. Já o dólar se valorizou 2,0% em relação ao real.

Forpus Capital: em dia de tempestade, guarda-chuva vale ouro

A pedido de um dos assinantes da nossa newsletter, o Rafael Amaral preparou um relatório exclusivo sobre o fundo recém-lançado por uma das gestoras que mais se destacou neste ano.

Ele analisou o novo fundo multimercado da Forpus Capital e deu seu veredito se você deve ou não investir nele. Quer saber mais? Clique aqui e confira!

Banco Inter: use, mas não aplique

Há duas semanas, expliquei porque não acho uma boa investir seu dinheiro pelo Nubank. O relatório foi um sucesso! Mas a melhor parte é que ela faz parte de uma série que eu estou dando continuidade. Dessa vez, trata-se de um novo relatório analisando os CDBs e as LCIs do banco Inter.

Algumas opções até são mais interessantes do que as do Nubank, porém ainda é possível encontrar melhor relação entre retorno e risco em outros bancos. Parece até que o que esses bancos digitais não cobram pelos serviços, acabam “cobrando” dos seus investimentos…

Para ficar bem esperto e saber se é isso mesmo, clique aqui e confira.

Os desafios do Quasar Agro – QAGR11

Nessa semana, o Felipe Silveira falou de um fundo imobiliário que busca tirar o seu retorno investindo em ativos do agribusiness. Nesse caso, o ativo em questão não é a terra, mas principalmente silos. Isso mesmo, aquelas estruturas usadas para armazenar grãos e outros produtos agrícolas.

O IPO desse fundo, o Quasar Agro, foi no final do ano passado e de lá para cá ele passou por alguns desafios importantes, teve dificuldade em alocar o montante levantado na oferta, houve troca na gestão, enfim, bastante coisa aconteceu.

Por isso, o Felipe resolveu escrever esse relatório contando a história desse fundo, como ele está atualmente e o que esperar desse FII. É uma oportunidade de conhecer um setor diferente dos fundos imobiliários e buscar cada vez mais a tão recomendada diversificação. Então clique e confira!

A crise bate à porta: agora é um bom momento para comprar ouro?

Com o aumento da volatilidade nas últimas semanas, surgiram perguntas quanto a se valeria a pena comprar ouro agora.

Eu já analisei a atratividade de se manter ouro na carteira no longo prazo nesse outro relatório que fiz no início da crise deste ano, mas no relatório de hoje eu revisito o assunto, avaliando do ponto de vista atual do metal e dos riscos que essa alocação poderia ou não te proteger.

Se você também tem dúvidas sobre o assunto, não perca mais tempo. Clique aqui e confira!

Disclaimer

Aviso legal

A presente publicação visa única e exclusivamente informar os leitores dos temas apresentados e divulgar as atividades da Capital Research, portanto não deve sob qualquer hipótese ser compreendida como oferta de negociação de títulos, valores mobiliários ou quaisquer outros instrumentos financeiros.

Determinados conteúdos produzidos pela equipe da Capital Research podem constituir "Relatório de Análise", conforme definido no artigo 1º § 1º da Instrução CVM 598/2018. Quando da emissão destes Relatórios, os Analistas de Valores Mobiliários responsáveis pela referida emissão e autores dos conteúdos publicados, declaram expressamente que as recomendações de títulos e valores mobiliários apresentadas constituem estritamente suas opiniões pessoais, elaboradas de forma totalmente independente e autônoma, declarando-se ainda responsáveis pelo cumprimento das obrigações dispostas no Art. 20 da referida Instrução.

As informações apresentadas nos relatórios foram baseadas em fontes públicas e consideradas confiáveis na data de publicação, e estão sujeitas a mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação pela Capital Research e/ou analistas em relação a tais mudanças.

Os analistas poderão esclarecer dúvidas de seus leitores através de relatórios ou vídeos que serão enviados simultaneamente a estes, sendo sempre mantida e garantinda a isonomia de informações.

Ressaltamos que as decisões de investimentos devem ser realizadas pelo próprio leitor sob sua total e exclusiva responsabilidade. Os resultados e estatísticas anteriores NÃO devem ser interpretados como garantias de ganhos futuros, sendo que de nenhuma forma a Capital Research e seus analistas, expressamente ou implicitamente, garantem algum desempenho ou a ocorrência de ganhos.

Alguns instrumentos de investimentos podem não ser adequados para todos os leitores, uma vez que os relatórios emitidos pela Capital Research, não levam em conta a situação específica e individualizada de cada um, devendo a decisão final sobre a realização ou não do investimento, ser tomada exclusivamente pelo leitor.

A Capital Research poderá alterar o presente aviso legal sob seus próprios critérios, sem que isto implique em necessidade de qualquer comunicação prévia ao leitor.

“Os analistas de valores mobiliários autores do presente conteúdo declaram, nos termos da Instrução CVM nº 598/2018, que as recomendações de títulos e valores mobiliários apresentadas constituem opiniões pessoais, elaboradas de forma totalmente independente e autônoma. Sob tal circunstância, ainda, os respectivos analistas se declaram responsáveis pelo cumprimento das obrigações dispostas no Art. 20 da referida Instrução.”