Quanto rende 10 mil na poupança? Vale a pena aplicar na caderneta?

A caderneta ainda é uma escolha ? Descubra quanto rende 10 mil na poupança e conheça aplicações seguras muito mais rentáveis.

Quer saber quanto rende 10 mil na poupança hoje? Já podemos adiantar que, com os índices econômicos em queda, esse tipo de aplicação se torna ainda menos atrativa do que já é por natureza.

Neste artigo, você vai entender a rentabilidade da poupança de forma mensal e anual – e conferir por que o investimento não vale a pena.

Mas, fique tranquilo, porque vamos indicar outras aplicações tão seguras quanto a  caderneta e mais rentáveis para você ter no seu portfólio.

Acompanhe!

Quanto rende 10 mil na poupança?

Desde 2002, a maneira como os juros da caderneta de poupança são calculados mudou. Antes da nova regra, o rendimento mensal era de 0,5% ao mês + Taxa Referencial (TR).

Com a alteração, o cálculo ficou um pouquinho diferente. Sempre que a taxa básica de juros da economia (Selic) estiver maior do que 8% ao ano, a caderneta rende da mesma forma que antes: 0,5% ao mês mais a TR. Mas, quando a alíquota da Selic for inferior a 8% ao ano, a poupança paga juros da seguinte forma: 70% do valor da Selic + TR.

Atualmente, a taxa básica de juros está girando em valores próximos a 3% ao ano. Isso quer dizer que, na prática, a caderneta está pagando 2,1% a.a. – ou 0,175% ao mês. Veja, então, quanto rende 10 mil na poupança de acordo com as regras atuais de rentabilidade:

 

Por mês

  • Juros mensais: 0,175%
  • Rendimento mensal: R$ 1,75
  • Saldo total após 30 dias: R$ 10.001,75

 

Por ano

  • Juros anuais: 2,10%
  • Rendimento anual: R$ 210
  • Saldo total após 365 dias: R$ 10.210,00.

Ou seja, atualmente, 10 mil na poupança rendem apenas R$ 210 em um ano.

Aplicar 10 mil na poupança é uma boa ideia?

Como deu para ver, a remuneração paga pela poupança é bem pequena. Mantendo R$ 10 mil aplicados na caderneta durante 365 dias, você será remunerado com apenas R$ 210. Ou seja, R$ 0,57 ao dia. Seu dia vale mais do que isso, não é verdade?

Mas pode ficar pior: em 2019, por exemplo, a taxa de rentabilidade real da poupança ficou negativa. Isso aconteceu porque o valor da inflação foi maior do que a taxa de juros paga pela caderneta. 

Dessa forma, quem deixou o dinheiro nessa aplicação viu seu dinheiro valer 0,05% menos do que no início do investimento.

Quanto rende 10 mil em outros investimentos?

Depois de descobrir quanto rende 10 mil na poupança e ver que não é um bom investimento, é hora de buscar alternativas. E se você ainda não investe em outros formatos de aplicações financeiras por desconhecimento ou insegurança, não se preocupe.

Por aqui, vamos mostrar a você como outras opções de investimento podem ser mais rentáveis do que a poupança, sendo tão simples e seguras como ela.

 

LCI/LCA

As letras de crédito são ativos de renda fixa que costumam ter sua remuneração atrelada ao CDI – Certificado de Depósito Interbancário, embora existam papéis prefixados ou indexados à inflação.  Seja como for, as Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio remuneram seus investidores a taxas próximas à 100% da Selic.

LCI e LCA são isentas da tributação do Imposto de Renda (IR). E, além disso, as aplicações são cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Isso significa que investimentos de até R$ 250 mil por conglomerado financeiro estão assegurados em caso de calote da instituição financeira.

Vamos tomar como exemplo uma aplicação de R$ 10.000 em uma LCI que paga 102% do CDI. Nesse caso, a rentabilidade anual será de 2,97%, com o resgate de R$ 10.297,08 ao final do período – 41% acima do que paga a poupança

 

CDB

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB) são títulos privados também garantidos pelo FGC. As regras de remuneração são parecidas com às das letras de crédito. Ou seja, o papel é corrigido pelo CDI, IPCA ou é prefixado.

Para efeitos de comparação com a poupança, vamos pegar um CDB “ruim”, que paga apenas 94% do CDI. Nesse caso, a remuneração anual líquida (já descontado o Imposto de Renda) será de 2,73%, com resgate de R$ 10.273,46 – 30% mais que a poupança.

 

Tesouro Direto

Os títulos públicos do Tesouro Direto são um dos formatos mais seguros de renda fixa. Eles pagam juros com taxas pré ou pós-fixadas. O Tesouro Direto Selic é um dos papéis emitidos pelo governo. Indexado à taxa básica de juros, ele remunera com valores acima da Selic.

Hoje, um investimento de R$ 10 mil neste título rende 2,58% ao ano – o que representa um resgate final líquido de R$ 10.258 (já descontado o IR e taxas) – 23% acima da poupança.

Especialmente em investimentos de longo prazo, a diferença pode ser ainda mais significativa. A caderneta de poupança não tem a cobrança de taxas, nem de impostos. Mas, mesmo assim, as outras aplicações se tornam mais atrativas do que ela.

Viu como é importante conhecer sobre o funcionamento dos investimentos para fazer seu dinheiro render mais? Aqui, na Capital Research, você aprende como investir certo e com boa rentabilidade.

Recomendados

Investimentos

Quanto rende 50 mil na poupança (e por que fugir dela agora)

...

2 semanas atrás

Investimentos

Melhores aplicações financeiras para quem quer sair da poupança

...

8 meses atrás

Investimentos

Quanto rende 1 milhão na poupança (e onde investir melhor esse dinheiro)

Quem nunca se perguntou quanto rende 1 milhão na poupança? Mas vale investir uma ...

1 mês atrás