Como investir na bolsa americana em apenas 3 passos

Você sabia que pode comprar ações das maiores empresas do mundo? Veja como investir na bolsa americana e ter sucesso.

Se você está no Brasil ou em qualquer outro país e quer saber como investir na bolsa americana, veio ao lugar certo. Ao longo deste artigo, você vai conhecer o passo a passo para negociar ativos nos Estados Unidos.

Além disso, vai entender as vantagens e os riscos de comprar e vender títulos nas bolsas de valores existentes por lá – como NYSE e Nasdaq. Confira, então, como investir em ações e outras aplicações nos EUA e siga as nossas dicas!.

Como investir na bolsa americana: passo a passo

Fazer investimentos na bolsa de valores dos EUA é o desejo de muitos investidores. Afinal, você consegue aplicar em empresas como Google, Apple e Visa ao comprar ações e outros ativos nos Estados Unidos.

Mas, se você não mora em terras norte-americanas, precisa seguir algumas etapas para conseguir operar por lá. Veja, então, como investir na bolsa americana em apenas 3 passos:

 

1 – Pesquisar por corretora americana

Para comprar e vender papéis de empresas nos EUA, você deve ter uma conta de investimentos em uma corretora americana. No entanto, não são todas as instituições financeiras que realizam operações com estrangeiros. Portanto, você deve pesquisar por uma companhia que aceite pessoas de outros países.

Além disso, é fundamental entender todas as condições que a operadora exige para que o investimento seja  feito. Então, analise regras, taxas e outras questões.

Importante dizer que a negociação na bolsa através de uma instituição americana não exige pagamento de Imposto de Renda ao governo dos EUA. Porém, o tributo deve ser recolhido pelo investidor aos cofres públicos brasileiros.

 

2 – Abrir conta de investimentos

Geralmente, as corretoras solicitam alguns documentos para a abertura de conta de investimentos. Entre os principais, estão:

  • Documentos pessoais de identificação
  • Comprovante de residência
  • Cópia do passaporte
  • Declaração do Imposto de Renda
  • W-8BEN – este é um certificado que informa que o investidor é estrangeiro e deseja investir na bolsa americana.

Depois que estiver tudo certo, a conta será aberta e você conseguirá pesquisar pelos ativos disponíveis nas bolsas de valores americanas.

 

3 – Negocie na Bolsa de Valores

Cumpridas as etapas anteriores, basta transferir dinheiro para a conta e começar a negociar ações e outros títulos das bolsas dos EUA – como Nasdaq e NYSE.

É muito importante realizar uma boa análise técnica e/ou fundamentalista antes de efetivar a sua compra ou venda. Além disso, tenha estratégias de investimentos bem claras, a fim de conseguir obter o maior lucro possível com as operações.

Por que investir na bolsa americana?

Boa parte das maiores empresas do mundo disponibilizam suas ações nas bolsas de valores americanas. Coca-Cola, Nike, Visa, Mc Donalds, Google, Apple, Netflix e várias outras gigantes operam no mercado dos Estados Unidos.

Portanto, investir na bolsa americana é o desejo de muitos investidores. Mas é preciso ter atenção ao comprar e vender ativos nas terras do tio Sam. Então, confira as vantagens e riscos de operar no mercado de ações e investimentos dos Estados Unidos:

 

Vantagens da bolsa americana

  • Boa alavancagem para ações e bonds – títulos de renda fixa da bolsa americana
  • Alta liquidez dos ativos
  • Mercado americano de opções é muito maior do que o brasileiro
  • Proporcionalmente, os custos para investir na bolsa dos EUA são menores do que na bolsa de valores do Brasil – a B3
  • Enorme variedade de ETFs – fundos de investimento com cotas negociadas em bolsa
  • As ações são altamente fracionadas, o que facilita a compra dos papéis e diminui o investimento inicial
  • Enquanto a B3 opera em horário comercial e apenas durante a semana, a bolsa americana funciona 24 horas por dia, durante 6 dias.

 

Riscos da bolsa americana

Basicamente, os riscos para investir nas Bolsas de Valores dos Estados Unidos são os mesmos que acontecem no Brasil. Por isso, você deve ser criterioso na escolha dos ativos, a fim de minimizar o impacto das oscilações dos preços.

Então, um dos pontos de atenção é a grande volatilidade da renda variável. Ou seja, as rápidas quedas e altas das cotações podem afetar a rentabilidade do investimento. O investidor deve analisar criteriosamente o mercado, as empresas e os papéis para conseguir fazer boas escolhas.

Outra questão que merece ser analisada na bolsa americana são os custos para investir. Tarifas, taxa de corretagem, impostos e outros gastos podem afetar os ganhos líquidos sobre a aplicação. Dessa forma, pesquise e estude cuidadosamente todos os valores que você terá que desembolsar ao comprar e vender ações no mercado americano.

Por fim, a maneira mais efetiva de conhecer os riscos do investimento e diminuir seu impacto é estudando sobre investimentos. Aqui, na Capital Research, você encontra ricos materiais sobre ações e renda variável. Além disso, tem acesso a conteúdos exclusivos sobre diferentes aplicações em renda fixa.

Então, continue sua leitura pelo blog para entender os mercados e fazer escolhas acertadas em investimentos e finanças. Invista mais e melhor com a Capital Research.

Recomendados

Investimentos

Bolsas de valores internacionais: história e curiosidades sobre elas

Tem interesse no mercado financeiro? Saiba quais são as principais bolsas de valores ...

7 meses atrás

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

1 ano atrás

Investimentos

Bolsa de Valores para iniciantes: tudo o que você precisa saber

Entenda o que é, como funciona e as principais características da bolsa de valores ...

9 meses atrás