Compra e venda de ações: guia para operar na bolsa de valores

Investir na compra e venda de ações pode trazer bons ganhos, mas há riscos. Saiba tudo antes de aplicar dinheiro na bolsa.

O investimento com a compra e venda de ações pode ser mais simples do que você imagina. Assim, se está pensando em se tornar um investidor acionista, veja neste artigo como negociar os papéis na Bolsa de Valores.

Além disso, ao longo da leitura, você vai conhecer todas as principais dicas sobre como investir em ações com rentabilidade. Siga acompanhando!

Compra e venda de ações: tire suas dúvidas

Para fazer a compra e venda de ações na Bolsa de Valores, você deve conhecer algumas informações sobre a aplicação antes. Vamos tirar todas as principais dúvidas a respeito?

 

O que é uma ação?

Grandes empresas precisam de muitos recursos financeiros para financiar suas operações e investimentos. Assim, as sociedades anônimas de capital aberto (S/A) vendem ações no mercado a fim de captar dinheiro para o empreendimento.

As ações são como pequenas partes que compõem o quadro societário da empresa. Ou seja, todo acionista é um sócio de uma S/A. Dessa maneira, quem compra uma ação de uma empresa partilha dos lucros e riscos do negócio.

A cada período determinado pela empresa – geralmente, trimestral – há a distribuição dos dividendos (partes lucro) entre os investidores. Essa é a remuneração que a S/A paga pelo investimento que o acionista realizou.

 

Quais os tipos de ações?

Existem dois tipos de ação: ordinária (ON) e preferencial (PN).

Os detentores de ações ON têm direito a voto nas assembleias da empresa. Portanto, eles participam mais ativamente das decisões do negócio. No entanto, esses acionistas são os últimos no recebimento dos dividendos.

Por sua vez, os donos de ações PN recebem os resultados dos lucros antes dos demais. Mas as ações preferenciais não dão direito de voto aos acionistas.

 

Como funciona a compra e venda de ações?

Quando uma S/A decide vender ações, ela entra para a Bolsa de Valores. No Brasil, temos a B3. Neste ambiente, estão concentrados os investidores e os ativos financeiros para investimento. Assim, quem deseja fazer a compra e a venda de ações, precisa acessar o sistema da B3. 

Atualmente, todas as operações são realizadas de maneira virtual, através do home broker. Ele é uma plataforma que integra o investidor aos investimentos disponíveis na B3. Para ter acesso ao home broker, você deve ter uma conta de investimentos em uma corretora.

 

O que é day trade e swing trade?

Basicamente, existem duas maneiras de ganhar dinheiro com ações:

  1. Recebimento de dividendos
  2. Compra e venda de ações, com lucro

No primeiro caso, o investidor detém o papel até a distribuição dos dividendos. No segundo caso, ele pode operar no curtíssimo prazo ou com um pouco mais de tempo.

Assim, no day trade, o acionista compra a ação por um preço e a vende por um maior no mesmo dia. O swing trade opera da mesma maneira, porém, em um intervalo que varia entre dias e semanas.

 

Quanto custa uma ação?

Não há valor mínimo para comprar uma ação. Existem papéis com valores abaixo de R$ 5. Portanto, você consegue se tornar um acionista investindo bem pouco. Por outro lado, é claro que ganhos mais expressivos dependem de investimentos maiores.

 

Quais os riscos do mercado de ações?

As ações são investimento em renda variável. Dessa forma, você tem riscos com a alta volatilidade dos ativos. Ou seja, um papel de uma empresa que hoje vale R$ 50, pode cair por razões diversas e passar a ser vendido pela metade do valor, por exemplo. 

Quem mira o longo prazo, contudo, minimiza esse risco, já que há tendência de valorização para quem escolhe bem as empresas que vão fazer parte da carteira.

 

Quais as taxas ao comprar e vender ações?

Além do valor pago pela ação, você pode ter que desembolsar algumas taxas e tributos, incluindo:

Portanto, observe todos os custos que podem ser aplicados na compra e venda de ações.

 

Vale a pena comprar e vender ações?

Tornar-se um acionista é um investimento indicado para quem tem disposição ao risco da renda variável e deseja ganhos maiores. Por isso, vale a pena comprar e vender ações para obter maiores remunerações, especialmente se você se encaixa no perfil do investimento.

Passo a passo da compra e venda de ações

Agora que você já conhece os princípios do investimento em ações, vamos à prática? Veja como fazer a compra e venda de ações:

 

1 – Abrir conta em corretora de investimentos

Para operar na Bolsa de Valores, você precisa ter uma conta de investimentos em uma corretora. Assim, pesquise pelas instituições, avalie as taxas e condições. Em seguida, abra a sua conta e transfira dinheiro.

 

2 – Escolha a ação

De acordo com seu perfil de investidor, analise os ativos disponíveis, escolha a ação e envie a ordem de compra. Atente-se para práticas específicas para day traders e swing traders.

 

3 – Acompanhe sua estratégia investidora

Quer rentabilizar no curto, médio ou longo prazo? Para cada objetivo, existem estratégias com ações. Portanto, acompanhe as cotações dos papéis e mantenha seu plano de investimento.

Gostou das dicas? Veja mais sobre como fazer a compra e venda de ações na Capital Research, conferindo nossos conteúdos exclusivos, análises especializadas e carteiras recomendadas.

Recomendados

Investimentos

Ações no Brasil: vale a pena investir?

...

6 meses atrás

Investimentos

Ações mais baratas da Bolsa: quais são e quando comprar?

Classificar uma Ação como barata tem a ver com seu potencial de valorização ...

9 meses atrás

Investimentos

Ações recomendadas e dicas para investir (GUIA)

Apenas seguir ações recomendadas não é caminho mais indicado na sua jornada de ...

7 meses atrás